Presente de Natal – Maamoul
quarta-feira dezembro 23rd 2009, 19:59

Escrevi e reescrevi este post cerca de 3 vezes, até chegar a conclusão que Mies Van der Rohe já teve! Menos é mais!  Portanto não falarei muito, apenas o necessário. Pra quem conhece e gosta… essa receita é um presente, assim como foi pra mim.

A que segue, é uma receita de maamoul de família, dessas que só a vó sabia fazer.

Maamoul é um docinho, espécie de broa arabe feita a base de semolina, tradicionalmente recheada com nozes, pistache ou tâmaras, pode ocasionalmente receber recheio de damascos, figos, amendoas etc… Algumas casas de arabes sempre tem um estoque de maamoul durante todo o ano, embora seja mais consumido à noite durante o mês do Ramadan por muçulmanos; alguns  arabes cristãos podem consumir o maamoul durante a páscoa.

¹/4 de xícara de gordura vegetal hidrogenada
100 grs de manteiga integral sem sal
1 xícara de farinha
2 xícaras de semolina
¹/4 de colher de chá de sal
¹/4 de colher de chá de fermento em pó
¹/4 de xicara de açucar refinado
3 colheres de sopa de agua
2 colheres de sopa de agua de flor de laranjeira

Misturar todos os secos, adicionar as gorduras e com a ponta dos dedos fazer uma massa, sem sovar. Acrescentar os liquidos, até tornar bem homogênea. Descançar refrigerado por pelo menos 6 horas (ideal fazer para o dia seguinte) Após o periodo de descanço, fazer bolinhas com a massa, abrir na palma da mão, rechear com auxílio de uma colher, fechar e colocar no molde proprio para maamoul polvinhado com farinha de trigo pra evitar q grudem.
Disponha os maamoul modelados, lado a lado numa assadeira (nao precisa untar) e asse e forno à 200ºC por cerca de 30 minutos. Após retirar do forno, deve-se deixar esfriar por completo antes de retirá-los da forma de modo evitar que desmanchem.

Recheio de Nozes para Maamoul

Colocar cerca de 140 gr de nozes descascadas numa assadeira e levar à forno médio por cerca de 15 minutos, ou até que estejam crocantes, picar ou processar levemente e misturar com 3 colheres de sopa de açucar refinado, 2 colheres de agua de flor de laranjeira e ¹/4 colher de chá de pimenta do reino.  (as nozes podem ser substituidas por pistache)

Recheio de Tamaras para Maamoul

Cozinhar cerca de 150 gr de tâmaras sem caroço em 100 grs de manteiga em fogo extremamente baixo, até que estejam moles, amassar com o garfo e acrescentar açucar se necessário.




12 Comentários so far

Leave a comment

INSUPORTÁVEL.

Comentário por Simone 12.23.09 @ 21:58

Só um árabe legítmo sabe fazer! Mas minha avó, armênia como é, não precisa de forma nenhuma e faz um recheio de tâmara IN-CRÍ-VEL! =P

Comentário por Thiago Ghougassian 12.25.09 @ 19:38

prova que nao só um árabe legítmo sabe fazer , a sua receita é excelente e muito bem feita: parabéns!!

Comentário por grazi 03.03.10 @ 7:49

Obrigada Diego, por reapartir conosco esse presente. Vou por as mãos na massa! :D

Comentário por Adriana 03.03.10 @ 20:26

[...] por sua vez, tem papel importante no preparo de grande parte dos doces mediterrâneos, além do ma’amoul, diversos tipos de biscoitos também tem na sêmola sua principal matéria [...]

Pingback por Think Food 05.05.10 @ 22:42

[...] Ma’amoul [...]

Pingback por Think Food 06.02.10 @ 6:28

[...] Ma’amoul [...]

Pingback por ThinkFood 08.13.10 @ 1:10

Obrigada..estava louca proucurando receita de maamoul…pra mim foi um presentão..bjs

Comentário por Maria 09.03.10 @ 17:02

muito obrigada diego!!!
minha receita de maamoul não deu certo , fiquei desapontada pois minha avó que os fazia divinamente não deixou ninguém em seu lugar!!vou tentar fazer sua receita!
:-)
sou sua fã!!!

Comentário por adriana 09.21.10 @ 13:58

Trabalhei como bancária durante 15 anos no “reduto” de árabes, judeus, muçulmanos & cia. no RJ (Saara). Como eu comia esse doce…era recheado com tâmaras.O nome era El Gebal. Doce delicioso, obrigada por compartilhar, Diego! Você é nota 1000!

Comentário por Laine Linhares 02.24.11 @ 0:25

quero saber onde compro as formas para modelar o maamoul. Muito obrigado.

Comentário por joao 04.13.11 @ 14:34

obrigada!!!! Voufazer, depois te conto. Um beijo Cristina

Comentário por cristina estefam 01.17.12 @ 18:38

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URI


Deixe um comentário

(obrigatório)

(obrigatório)